24
Jun 07

IVolgin

 

Na primeira vez que te vi...

     ... vi amor...

Na primeira vez que me tocaste...

     ... senti amor...

E agora, após este tempo todo...

     ... continuo a amar-te...

Parece que conseguimos...

Olha até onde chegámos...

Levámos o caminho mais duro...

     ... mas chegámos até aqui...

Disseram que não iríamos conseguir...

Mas olha só como nos temos aguentado...

Continuamos juntos e cada vez mais apaixonados...

Continuas a ser aquele para quem eu corro...

Aquele a quem pertenço...

Continuas a ser aquele que quero ao meu lado...

Aquele com quem eu sonho...

És aquele a quem dou um beijo de boa noite...

Não há nada melhor...

Combatemos os problemas juntos...

Ainda bem que não demos ouvidos ao que disseram...

     ... olha o que estaríamos a perder...

 

 

Escrito por Someone Else às 18:09
música: You're still the one - Shania Twain
tags: , , , ,

« ... olha o que estaríamos a perder...» perco todos os dias...
aspalavrasnuncatedirei a 24 de Junho de 2007 às 22:49

então não deixes que mais nada se perca. se achas que ainda vale a pena, luta para recuperar o que se perdeu...
Someone Else a 24 de Junho de 2007 às 23:13

humm... então aí já se torna mais difícil... desejo-te boa sorte então

bjnhos

não fiques triste... melhores dias virão...

Eu sei

há de quem eu goste muito.
muito mesmo.
mas gostar, mesmo que muito.
não é amar.
é bom, é bonito, tem futuro.
mas não é completo.
há uma linha que se transpõe.
e que damos a vida pelo outro.
amar sempre será um horizonte.

já amei, sei o que é ser muito feliz.
morreu esse amor, foi ultrajado.
mas não devo
esquecer o que ele foi.
seria ultrajá-lo mais uma vez.
da pior forma até.

houve uma perda e um luto.
mas hoje, mesmo não sendo "muito"
sou contudo feliz.
não me engano a mim próprio
sei bem o que sinto.

talvez um dia encontre novamente um amor.
mas não vou apressado, nada me estuga o passo.
tento no meu gostar, dar do melhor que sou.
vivo dia a dia tentando ser um homem tranquilo
sem mágoas, rancores, dúvidas, receios ou angústias.

se um dia aparecer.
quero estar de peito aberto
de braços abertos
com um sorriso aberto.

menos que isso, não vale.

beijos
1Zé-entre1000 a 25 de Junho de 2007 às 12:40

lindo...
acho que é isso mesmo... não se deve esquecer um amor e não temos de "procurar" um amor apressadamente, tudo tem um tempo e um lugar, quando tiver de ser, será.

bjnhos

ler o teu blog (este), faz-me "mal".

só quero vir falar de sexo
era assim, foi assado e tal.
reboliço, cambalhota, pazada e fornicadela.

mas depois, entro aqui e ......
desacelero
sinto este ventinho
interior
com muitos anos

escreves bem, sobre amor na sua melhor linguagem.
continua por favor

beijos
1Zé-entre1000 a 27 de Junho de 2007 às 16:16

muito obrigada.
eu acho que as pessoas devem ter uma dosagem equilibrada entre o sexo e o amor... no someone_else podem ver o meu lado perverso e aqui vêem "o meu outro lado", o lado mais romântico e calmo.
bjo
Someone Else a 27 de Junho de 2007 às 19:07

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim